domingo, 9 de março de 2008

Debate: As Mulheres no livro "Inés da minha alma"

A proposta de leitura para orientar o debate em torno desta obra de Isabel Allende, centrou-se em dois objectivos principais:

a) Analisar as diferentes figuras femininas e a sua interacção.

b) Verificar a influência dos contextos sociais e culturais (Espanha e Chile) na afirmação dessas figuras femininas.

Os alunos intervenientes no debate apresentaram as várias mulheres que se cruzam na obra, cuja figura central é Inés Suárez, natural da Andaluzia, que partiu para a América em busca do marido e da sua liberdade, tentando escapar às amarras de uma sociedade profundamente católica e conservadora, que cerceava a ânsia de viver duma mulher que parecia fora do seu tempo.
A escolha da obra e a data de realização do debate, pretenderam evidenciar a comemoração do Dia Internacional da Mulher, pelo que se estabeleceu um contraponto entre os traços de emancipação e de maior conservadorismo revelados não só por Inés, mas também por outras personagens, à luz dos valores actuais.
A dicotomia entre o velho e o novo mundo, bem como o estabelecimento de relações interculturais significativas, foram dois eixos igualmente importantes na análise da obra, Inés da minha alma.

1 comentário:

coordenadores de leitura disse...

Na minha opinião, Inés partiu em busca de um sonho: em busca da liberdade que não tinha em Espanha por se sentir sempre observada pela família ou pela sociedade onde estava inserida. (…)
Foi na América que Inés conseguiu afirmar-se tal como era (mostrando as suas capacidades e características), também através da sua participação na conquista do Chile.
Joana Monteiro (10º. 5)