terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Anagrama e a biografia inventada

Os alunos da turma 9 do 8º ano realizaram uma atividade de escrita criativa que consistia na elaboração de uma biografia sobre uma personagem com um nome invulgar que eles obtiveram a partir da construção de um anagrama com um nome escolhido por eles. Ultrapassada  a dificuldade e a estranheza inicial, deixaram-se conduzir pela imaginação.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Antecipação - escrita criativa

Os alunos da turma 5 do 8º ano realizaram uma atividade de escrita criativa que consistia na "antecipação" do conteúdo de livros que eles desconheciam e cujos títulos lhes foram facultados, tais como A viagem do elefante; Um homem com um garfo numa terra de sopas; Flor de mel, entre outros.
Ultrapassada alguma estranheza inicial, conseguiram escrever pequenos textos, tirando partido da sua criatividade.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Escrita criativa 9º 5


"Que situação!" - o exercício de escrita criativa que foi proposto aos alunos da turma 5 do 9º ano.



Palavras e personagens divergentes


Neste exercício de escrita criativa os alunos da turma 4 do 9º ano foram convidados a procurar algumas palavras formadas por via erudita, a partir do étimo latino, e identificada a respetiva via popular. Numa segunda etapa, escreveram um pequeno texto dramático com as palavras selecionadas.
Na opinião dos alunos, esta atividade constituiu uma oportunidade para consolidar assuntos que já tinham sido estudados na aula mas de uma forma mais criativa, com mais imaginação.

 

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Que situação - Escrita criativa


Os alunos da turma 8 do 9º ano desenvolveram a atividade designada: "Que situação !", que consistia na redação de um texto descritivo de um episódio passado num contexto definido por eles, mas em que o diálogo estabelecido entre as personagens fosse iniciado pelas letras do nome que tinham previamente escolhido e registado verticalmente na folha.

sábado, 16 de dezembro de 2017

O caminho dos livros - I


Já estão em caminho: livros puxam livros e leituras suscitam outras leituras. Uma comunicação nem sempre tão fluída como seria desejável mas que tem o seu espaço e espera-se que consiga também um tempo de qualidade na Escola do Presente e do Futuro.
A partilha, voluntária e genuína, que se entabulou entre duas turmas do secundário, mostra que há muito espaço para os livros e para a leitura.
Três alunos do 10º 1 apresentaram com entusiasmo os seus livros prediletos ( A rapariga que roubava livros; O Sétimo Selo; Perguntem a Sarah Gross), numa amena conversa com os colegas do 2º TAP, que deram o melhor acolhimento à iniciativa.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos



O Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos que está prestes a cumprir 70 anos, facto lembrado pelo atual presidente da ONU, António Guterres, foi assinalado na ESBF com uma exposição na biblioteca, onde se identificam os diferentes direitos numa árvore, como se de uma árvore de Natal se tratasse.